Acampando na Ilha de Páscoa

Viagem realizada em abril de 2017

De Santiago à Ilha de Páscoa

A viagem teve início em Santiago, onde passamos 3 dias e aproveitamos para comprar bastante comida para levar à ilha, já que ficaríamos uma parte da estadia em um camping e lá seria possível cozinhar. Uma das malas foi cheia de pacotes de macarrão, molho de tomate, sopas/cremes, bolachas, petiscos, chocolates e barrinhas de cereais. Economizamos uma graninha boa preparando nossas refeições, já que tudo na ilha é bem mais caro que no continente.

O voo foi tranquilo, após cerca de 6 horas de viagem desembarcamos no Aeroporto Internacional Mataveri sob uma leve garoa.

Antes de pegar as malas, entramos numa fila para comprar o ticket que permite a entrada nos diversos sítios arqueológicos da ilha, os quais fazem parte do Parque Nacional Rapa Nui. Pagamos USD 80/pessoa. Clique aqui para ver valores atualizados e outros pontos de venda. O ingresso tem validade de 10 dias contados à partir da primeira visita ao Parque.

Com as bagagens em mãos, saímos do saguão para procurar algum funcionário do Camping Mihinoa, já que era oferecido transfer gratuito até lá. A garoa inicial tinha se transformado em chuva torrencial. A esta altura já estava me perguntando se acampar teria sido uma boa escolha…

Encontramos a responsável pelo camping e enquanto aguardávamos todos chegarem, repetia o mantra na cabeça “vai parar de chover, vai parar de chover…”. E não é que parou mesmo? 🙂

Camping Mihinoa

Nós simplesmente adoramos acampar e conhecer um camping no exterior era um de nossos desejos. Então, nada melhor do que estrear na Ilha de Páscoa, numa barraca de frente para o Pacífico, não acham?

Animada com o precinho super camarada e com os comentários positivos sobre o Mihinoa no Booking, reservei 4 diárias no camping e os 3 últimos dias nos acomodamos em um hotel. Resolvi dividir a estadia, pois não sabíamos como seria a acampada. Se não gostássemos ou se pegássemos chuva direto (não sou pessimista, só prevenida rs), pelo menos teríamos para onde fugir… hehe. Já adianto que adoramos as duas hospedagens e, fora o aguaceiro de boas vindas, não pegamos nenhum dia de chuva! \o/

Chegando no camping, recebemos as orientações e normas do local e ficamos aguardando para fazer o cadastro e efetuar o pagamento. Como havia chovido bastante, não foi possível montar as barracas previamente, os funcionários estavam armando naquele momento.

camping mihinoa ilha de pascoa onde ficar hanga roa relatos viagem
Camping Mihinoa e a vista para o mar. Após a chuvarada o tempo ficou nublado. 

Felizmente, nos ofereceram uma barraca grande (devem ter visto o tamanho do meu marido rs) que coube até nossa mala gigante e a outra que levamos. No valor das diárias também estavam inclusos os colchonetes e sacos de dormir.

Na Ilha de Páscoa venta bastante, principalmente à noite, mas as barracas eram bem firmes e aguentaram o tranco. Vi que algumas pessoas tinham levado suas próprias barracas.

camping acampar ilha de pascoa isla de pascua easter island barraca relatos viagem .jpg
Nossa barraca. Eu quase conseguia ficar em pé lá dentro.
camping acampar ilha de pascoa isla de pascua easter island barraca relatos viagem 2.jpg
A mala gigante não apareceu na foto, mas ela ficava deitada neste espaço à direita. Os colchonetes eram confortáveis e os sacos de dormir quentinhos e limpinhos.

O Camping Mihinoa também funciona como hostel, oferecendo alguns dormitórios com banheiro compartilhado, além de outros tipos de acomodação. Clique aqui para mais informações.

Na sala de descanso há tomadas com extensões elétricas para carregar celulares e outros equipamentos. À noite ficam bem disputadas, ainda bem que levamos um carregador portátil, pois nem sempre conseguíamos completar a carga dos celulares. O camping é bem tranquilo, todos deixavam os aparelhos carregando e saíam para jantar.

O WiFi é beeem lento, como em toda a ilha. Nós estávamos com o chip da Entel que compramos em Santiago e utilizamos o sinal 3G durante nossa estadia.

camping hostel mihinoa ilha de pascoa onde ficar hanga roa relatos viagem 2.jpg

camping hostel mihinoa ilha de pascoa onde ficar hanga roa relatos viagem 3.jpg

sala descanso camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem
Sala de descanso

 

sala descanso camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 2
Sala de descanso
tomadas carregar celulares camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem
Na sala de descanso havia algumas tomadas com extensões para carregar celulares.

Para entrar na cozinha comunitária era necessário deixar os calçados na porta e a mesma ficava fechada para limpeza das 11h30 às 12h30. Pelo que percebemos, quase ninguém almoçava por lá, mas no horário da janta o local ficava bem movimentado.

cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 2
Entrada da cozinha.

cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem

A cozinha é enorme, equipada com 3 fogões e 2 pias, 4 geladeiras, 2 mesas compridas com banquetas, além de utensílios para uso comum. Neste ambiente também são disponibilizados lockers a cada pessoa/casal, assim como pratos, talheres e canecas, que ficavam ali guardados. Ou seja, cada campista tinha o seu conjunto e era responsável por tal, achei bem bacana a ideia.

cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 3
Um dos fogões.

cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 4cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 5

cozinha camping mihinoa ilha de pascoa relatos viagem 6
Os lockers são grandes, cabe bastante coisa.
camping ilha de pascoa relatos viagem.jpg
Nossos jantares eram praticamente massas… rs. Mas o pessoal caprichava, vi gente cozinhando arroz basmati, fazendo omelete com cogumelos… 

Os banheiros eram limpos frequentemente e os chuveiros funcionavam bem. Achei que em algum momento da estadia enfrentaria fila para tomar banho, mas os boxes sempre estavam vagos. Não me lembro bem, mas acho que o banheiro feminino tinha 3 boxes e 3 ou 4 sanitários e, segundo meu marido, o masculino também.

O camping conta com serviço de lavanderia, sendo proibido lavar roupas no chuveiro. A multa é de USD 50.

banheiro camping mihinoa ilha de pascoa relatos de viagem
Banheiro feminino
banheiro masculino camping mihinoa ilha de pascoa relatos de viagem
Banheiro masculino

Em frente ao camping há uma área para estacionar o carro. É tudo bem sossegado na ilha, o povo deixa a porta do carro sem tranca, numa boa. Eles só falam para não deixar dinheiro à vista.

Nós adoramos nossa experiência no Camping Mihinoa. O local é bem estruturado, organizado e tranquilo. Foi muito bacana interagir com pessoas de várias partes do mundo, nos deparamos com idiomas que nunca tínhamos ouvido antes.

Não encontramos nenhum brasileiro por lá, mas conversamos com um taiwanês super simpático que conheceu um pouco de São Paulo e Rio de Janeiro em sua viagem de volta ao mundo. A Ilha de Páscoa era o seu destino final e ele ficaria 2 semanas descansando por lá. Fechou a viagem com chave de ouro! 🙂 Nos contou que passou o carnaval no Rio e achou tudo muito doido e divertido, choramos de rir com as histórias dele por lá. Detalhe: meu marido começou a puxar papo com ele achando que era brazuca, pois o moço estava com chinelos Havaianas, daqueles que têm a bandeira brasileira na alça… rs.

Também conversamos bastante com um senhor de cabelos e barbas brancas, americano, que conhecia o Brasil beeem mais do que nós. Ele já tinha viajado por vários estados, disse adorar nosso país e um dos lugares que se encantou foi Morro de São Paulo. Ele mora nas montanhas e detesta frio, então quando chegam as estações geladas, desce para a América do Sul e passa 6 meses viajando pelo Brasil e/ou países vizinhos. Ele já estava a um tempo no camping, disse que pretendia passar 2 meses na Ilha de Páscoa e mais para frente seguir para o Peru. Nada mal, não? 🙂

camping mihinoa ilha de pascoa onde ficar relatos viagem.JPG
Camping de frente para o mar. Esses moai são decorativos, não são verdadeiros. 
mar ilha de pascoa camping mihinoa relatos viagem.jpg
Ah esse mar… 

Nosso primeiro pôr do sol em Rapa Nui, vimos em frente ao camping. Um momento único, todos param para apreciar. Nós contemplamos o fim de tarde em vários pontos da ilha, mostrarei em outros posts.

por do sol ilha de pascua mar relatos viagem rapa nui

por do sol ilha de pascua mar relatos viagem rapa nui 2

Nesse primeiro dia, como chegamos no início da tarde, pegamos o carro e saímos rodando pela ilha para um breve reconhecimento. Já estávamos encantados e ansiosos para explorar Rapa Nui nos próximos dias!


Não perca os próximos posts! Embarque conosco e conheça um pouco mais desse lugar incrível!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s