6º dia: Hakone, Monte Fuji, Ovo preto e um belíssimo Museu à céu aberto

Hakone.png

Hakone faz parte do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu e está localizada a menos de 100 quilômetros de Tokyo, numa região montanhosa. É considerada um geoparque da Unesco, uma vez que a maior parte da cidade está dentro das fronteiras de atividade vulcânica.

Hakone é famosa por suas fontes termais, belezas naturais e por oferecer bonitas vistas ao Monte Fuji. Fique de olho na previsão do tempo, pois para conseguir ver o Monte Fuji é importante que o tempo esteja aberto.

muitas atrações para conhecer em Hakone, um dia é pouco, mas é possível fazer um bate-volta e visitar bastante coisa também. Saia cedo para aproveitar bem o dia!

 Como ir à Hakone

Nós compramos o Hakone Free Pass, que inclui a viagem de ida e volta a partir da Shinjuku Station em um trem da linha Odakyu, uso ilimitado de todos os meios de transporte na região e descontos em atrações locais. Há passes para 2 ou 3 dias, mas mesmo fazendo um bate-volta achamos vantajoso o de 2 dias.

Existem 2 linhas da Odakyu:

  •  Express Train: a viagem é mais lenta, o trem sai de Shinjuku e vai até Odawara (1h30 aprox.), onde deve-se pegar um trem da Hakone Tozan Line até Hakone-Yumoto (20min aprox). O trajeto todo está incluso no Hakone Free Pass. Nós fomos por esta linha.
  • O “Romance Car” vai direto até Hakone-Yumoto (85min), mas deve-se pagar uma taxa extra de 890 yen (preço de ida, saindo de Shinjuku) e reservar lugar.

Veja mais detalhes dessas duas linhas aqui e preços e mais informações sobre o Hakone Free Pass, aqui.

Você também pode ir com trens da linha JR ou de ônibus, clique aqui para ver mais detalhes.

Se você tiver o JR Pass, pode fazer o trajeto de Shinjuku até Odawara, gratuitamente, com o  JR Tokaido Shinkansen e comprar o Hakone Free Pass na estação de Odawara. Ficará um pouco mais barato e você poderá também usufruir de todos os transportes dentro de Hakone.

Em Hakone você pegará diversos transportes: ônibus, navio pirata, bonde suspenso/ropeway, cable car/bondinho normal, trem… ufa. São vários mesmo. Se você quiser calcular o preço de cada trecho/transporte, clique aqui.

Onde comprar o Hakone Free Pass

Vá para a Shinkuju Station e siga para a West Exit. O balcão da Odakyu Sightseeing Service está localizado no 1º andar. Clique aqui para ver um mapinha de como se localizar dentro da estação e encontrar o balcão.

  • Horário de funcionamento: 08:00 – 18:00
  • Aberto todos os dias

Nós compramos o passe no dia anterior ao passeio. Ganhamos dois pares de hashi de brinde.

Nosso roteiro por Hakone

Clique aqui para ver/baixar um mapa de Hakone. Você notará uma rota circular e ficará mais fácil de entender o trajeto.

Li que pela manhã há mais chances de ver o Monte Fuji, então resolvemos começar nosso tour percorrendo o Lago Ashi para depois pegar um bondinho suspenso de Togendai para Sounzan. É neste trecho do bondinho que há uma boa visualização do Monte Fuji (se ele não resolver se esconder… rs).

Chegamos na Hakone-Yumoto Station e pegamos o Hakone Tozan Bus até o píer Motohakone (cerca de 35 min) para pegar o navio pirata (sim, você leu certo) em direção à estação Togendai. O cruzeiro pelo lago Ashi leva em torno de 25 min.

hakone japao lago ashi roteiro relatos viagem dicas.png
Olha uma pontinha do Monte Fuji no canto direito!
hakone japao lago ashi roteiro relatos viagem dicas 2.png
Montanhas da região e nuvens no céu… em Tokyo o tempo estava aberto…
hakone japao lago ashi navio pirata roteiro relatos viagem dicas.png
Aguardando para entrar no navio pirata… rs.
hakone japao lago ashi navio pirata roteiro relatos viagem dicas 2.png
Começando a viagem pelo lago Ashi. Ficamos a maior parte do tempo na parte de fora do navio, mas há bancos em seu interior. Logo no início do passeio é possível ver o Monte Fuji, mas ele se escondeu de nós.
hakone japao lago ashi navio pirata roteiro relatos viagem dicas 3.png
Vimos um outro navio pirata no caminho.

O lago Ashinoko, mais conhecido como Ashi, foi formado após uma erupção do Monte Hakone, há cerca de 3000 anos.

hakone japao lago ashi navio pirata roteiro relatos viagem dicas 4.png

Desembarcamos na estação Togendai, pegamos o bondinho suspenso/ropeway em direção a Sounzan. Fique ligado: é neste trecho que o Monte Fuji pode ser visto bem de pertinho.

hakone japao togendai roteiro relatos viagem dicas.pnghakone japao togendai ropeway bonde suspenso roteiro relatos viagem dicas.png

hakone japao togendai ropeway bonde suspenso sounzan roteiro relatos viagem dicas.png
E lá vamos nós!

Todos estavam subindo ansiosos para ver o Monte Fuji de pertinho, o céu estava claro, aberto, mas… o danado do Fuji-san se escondeu atrás de uma nuvem. Ou melhor, a nuvem o tampou… rs. Mas deu para ver um pedacinho dele. A sorte é que no caminho de Kyoto para Tokyo nós conseguimos vê-lo perfeitamente, então não ficamos tão chateados.

hakone japao togendai ropeway bonde suspenso sounzan monte fuji roteiro relatos viagem dicas 2.png
O majestoso Monte Fuji fujão…
hakone japao togendai ropeway bonde suspenso sounzan monte fuji roteiro relatos viagem dicas.png
Um zoom no Fuji-san. A vista em dias com tempo aberto deve ser espetacular! Li que no inverno as chances de vê-lo são bem maiores, podendo inclusive ser apreciado de vários locais do parque.

Antes de chegar em Sounzan, nós descemos na estação Owakudani, que está localizada ao redor de uma cratera criada durante a última erupção do Monte Hakone, há 3000 anos.

Grande parte da área é uma zona vulcânica ativa, onde pode-se ver os vapores sulfurosos. Em dias claros, Owakudani oferece boa vista ao Monte Fuji.

hakone japao owakudani roteiro relatos viagem dicas.png
Já é possível ver os vapores chegando em Owakudani.

Ao redor da estação há lojinhas e restaurantes. Logo que você desce na estação já sente um cheirinho nada agradável decorrente dos vapores. Sabe aquele aroma que sai quando você come ovo + repolho cozido + batata doce? Então… é tipo isso! rs.

hakone japao owakudani roteiro relatos viagem dicas 5.png
Estação de Owakudani.
hakone japao owakudani roteiro relatos viagem dicas 2.png
Cheirinho de enxofre no ar…
hakone japao owakudani roteiro relatos viagem dicas 3.png
Na varanda deste prédio preto há um observatório.
hakone japao owakudani observatorio roteiro relatos viagem dicas.png
No observatório. Além da vista para as fendas sulfurosas, pode-se ver os bondinhos suspensos passando.

hakone japao owakudani telefericos ropeway bonde suspenso roteiro relatos viagem dicas.pnghakone japao owakudani telefericos ropeway bonde suspenso roteiro relatos viagem dicas 2.png

hakone-japao-owakudani-roteiro-relatos-viagem-dicas-4
Uma pequena fonte termal para lavar as mãos. Esta água não pode ser ingerida.

Ovos e sorvetes pretos

hakone japao owakudani ovos pretos roteiro relatos viagem dicas 2.png

Em Owakudani são vendidos ovos cozidos nas águas sulfurosas. Reza a lenda que se uma pessoa comer este ovo preto (kurô tamagô, em japonês), terá sua vida prolongada por mais 7 anos.

Os ovos pretos são normalmente vendidos em pacotes com 5 unidades. A aparência não abre o apetite, mas o sabor é igual a de um ovo cozido normalmente. Somente a casca fica preta devido ao enxofre presente na água vulcânica.

hakone japao owakudani ovos pretos roteiro relatos viagem dicas.png
Marido pensando se come ou não. Ele já não curte muito ovo cozido e com essa aparência então, não ficou muito animado… rs. Conseguiu comer dois, então eu comi os outros três ovos. E vida longa para nós… rs.
hakone japao owakudani sorvete preto roteiro relatos viagem dicas.png
Experimentei o sorvete preto também, mas aí acho que era corante mesmo… rs. O sabor era normal, de creme.

Trilha até a zona vulcânica

Ali por perto da estação há uma pequena trilha que te leva até a zona vulcânica para ver de perto as piscinas borbulhantes onde são cozidos os ovos. A caminhada de ida e volta é de cerca de 20 min.

Eu achei bem legal, mas já aviso que o fedor ali é mais intenso! rs.

hakone japao owakudani trilha fendas vapores roteiro relatos viagem dicas.png

hakone japao owakudani trilha fendas vapores zona vulcanica roteiro relatos viagem dicas.png
Local onde os ovos são cozidos.

Obs.: li no Japan Guide que, devido aos gases vulcânicos, as trilhas para caminhadas e caminhadas em torno de Owakudani estão atualmente fechadas para turistas. O Hakone Ropeway está operando normalmente. As lojas e restaurantes ao redor da estação ropeway e a estrada de acesso e estacionamento estão abertos. No entanto, as pessoas com problemas respiratórios devem evitar a área devido aos gases vulcânicos. 

Voltamos para a estação de Owakudani e pegamos novamente o ropeway até Sounzan.

hakone japao owakudani sounzan ropeway bonde suspenso eleferico roteiro relatos viagem dicas.pnghakone japao owakudani sounzan ropeway bonde suspenso eleferico roteiro relatos viagem dicas 2.pnghakone japao owakudani sounzan ropeway bonde suspenso eleferico roteiro relatos viagem dicas 3.png

Desembarcamos na estação de Sounzan e pegamos o Hakone Tozan Cable Car até a estação Gora. A viagem é rápida, cerca de 9 minutos.

Quatro estações estão localizadas entre Sounzan e Gora. Ao longo do caminho há atrações como o Hakone Gora Park, com sua bela fonte e jardim francês, e o Hakone Museum of Art, especializado em cerâmica, que também possui um bonito jardim de musgo, jardim japonês e casa de chá. Nós não fomos a estas duas atrações, pois queríamos ir ao Open Air Museum.

hakone japao sounzam gora Hakone Tozan Cable Car roteiro viagem relatos dicas.png
Na estação de Sounzan aguardando o cable car.
hakone japao sounzam gora Hakone Tozan Cable Car roteiro viagem relatos dicas 2.png
Fomos na frente, próximo ao maquinista.

hakone japao sounzam gora Hakone Tozan Cable Car roteiro viagem relatos dicas 3.pnghakone japao sounzam gora Hakone Tozan Cable Car roteiro viagem relatos dicas 5.pnghakone japao sounzam gora Hakone Tozan Cable Car roteiro viagem relatos dicas 4.png

Chegando em Gora, fomos caminhando em direção à plataforma de trem Hakone Tozan Train. De lá, seguimos até a estação Chokoku No Mori para ir ao Hakone Open AirMuseum.

É possível ir caminhando de Gora até o museu, são cerca de 10 a 15 minutos, mas como tínhamos o Hakone Free Pass, decidimos utilizá-lo.

hakone-japao-hakone-tozan-train-gora-roteiro-viagem-relatos-dicas
Chegamos em Gora e fomos procurar a plataforma do trem.
hakone japao Hakone Tozan Train gora roteiro viagem relatos dicas 2.png
Vimos belas cerejeiras floridas!
hakone japao Hakone Tozan Train gora roteiro viagem relatos dicas 3.png
Aguardando o trem (Hakone Tozan Train)

Descemos na estação Chokoku No Mori e caminhamos 3 minutinhos até o museu.

Hakone Open Air Museum

Aberto em 1969, foi o primeiro museu de arte ao ar livre criado no Japão. Há uma exposição permanente com cerca de 120 obras-primas de artistas modernos e contemporâneos do mundo todo, em um belo jardim com vista para as montanhas de Hakone.

As coleções expostas à céu aberto incluem obras de Rodin, Bourdelle, Miró, Moore e outros, já na parte fechada há trabalhos de Brancusi, Morie Ogiwara, Boccioni, Lipchitz, Modigliani, Shin Hongo, entre outros.

Além disso, há um pavilhão dedicado à Picasso que exibe uma grande coleção, composta por cerca de 300 itens, dentre eles pinturas, esculturas, cerâmicas e fotos do artista em várias épocas de sua vida.

O museu também abriga grandes esculturas voltadas ao público infantil.

  • Horários: 9:00 to 17:00 | entrada até às 16:30
  • Aberto todos os dias
  • Taxa de entrada: 1600 yen
    1400 yen se você tiver o Hakone Free Pass
    1500 yen com o cupom de desconto online  (imprima e apresente na bilheteria)
  • Na época que viajei tinha lido em algum lugar que lá só aceitavam pagamento em dinheiro, na dúvida levei…
  • Acesse o site para ver o mapa do local

A área do museu é enorme, nós passamos umas duas horas por lá, ficamos até a hora de fechar. Teria ficado mais tempo, se fosse possível.

Mesmo para quem não curte museus acho um passeio válido, pois o lugar é muito bonito e agradável, fora as fotos divertidas que pode-se fazer por lá, dê uma olhada nos álbuns aqui, inspire-se e solte a criatividade! 🙂

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 2.png
Você entrava aqui…
hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 3.png
Marido pensando “será que eu caibo aí???”
hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 4.png
E saía aqui… rs.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 5.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 6.png
Adorei essa escultura-brinquedo.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 7.pnghakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 8.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 9.png
Olha essa árvore, que coisa linda suas flores em cachos…

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 10.pnghakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 11.pnghakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 12.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 13.png
Escultura “My Sky Hole”, de Bukichi Inoue.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 14.png

Sabe aquela frase “tudo é uma questão de perspectiva”? Veja a estátua abaixo:

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 15.png
De lado: “Nossa, que belas flores…”
hakone-open-air-museum-relatos-viagem-roteiro-hakone-dicas-20
De frente: “E lá vamos nós para mais uma segunda-feira…” rsrs.
hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 16.png
“Sfera con Sfera”, escultura de bronze criada pelo italiano Arnaldo Pomodoro. Versões desta escultura podem ser vistas em vários outros países.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 21.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 18.png
Arvoreta com flores de duas cores.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 19.pnghakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 22.png

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 23.pnghakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 26.png

Eu achei o máximo a escultura-brinquedo abaixo! Tanto o design externo, quanto o que abriga em seu interior. É um belo playground arquitetônico.

hakone open air woods of net museum relatos viagem roteiro hakone dicas.png

hakone open air woods of net museum relatos viagem roteiro hakone dicas 4.png
Ah como eu queria voltar a ser criança…

A obra chama-se “Woods of Net” e a colorida rede foi feita de crochê, dá para acreditar?

hakone open air woods of net museum relatos viagem roteiro hakone dicas 3.png

hakone open air woods of net museum relatos viagem roteiro hakone dicas 2.png

Obs.: vi um comunicado no site do museu, de dezembro/2016, dizendo que esta atração estará fechada para reconstrução da estrutura de madeira, a qual sofreu deteriorações climáticas ao longo dos anos. A conclusão da obra está prevista para o verão japonês. 

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 24.png

hakone open air museum miss black power relatos viagem roteiro hakone dicas.png
“Miss Black Power”, do escultor francês Niki de Saint Phalle
hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 27.png
Marido vendo essa escultura no chão disse “se a estátua tá cansada, imagina eu que andei o Japão inteiro… ” rsrs.
hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 28.png
Olhem essa arvorezinha, que coisa mais graciosa! Repleta de sakuras cor-de-rosa e folhas verdinhas.

hakone open air museum relatos viagem roteiro hakone dicas 29.png

hakone open air museum flores relatos viagem roteiro hakone dicas.png
E olhem esse arbusto, parece que está repleto de neve, mas são flores bem miudinhas.

Na propriedade há também o footbath, um local com águas termais onde os visitantes podem relaxar os pés.

hakone open air museum footbath relatos viagem roteiro hakone dicas.png
Visitantes relaxando os pés nas águas termais.
hakone open air museum picasso relatos viagem roteiro hakone dicas.png
O pavilhão dedicado à Picasso. A coleção de obras é  imensa mesmo! Em frente ao pavilhão está a escultura de Fernand Léger, “La Fleur qui Marche”.

Por último vimos algumas obras localizadas na parte interna. E assim foi nosso passeio pelo belíssimo Hakone Open Air Museum! Nós adoramos!

Para ir embora de volta à Tokyo, pegamos novamente o Hakone Tozan Train em direção a estação Odawara para então, pegar o Express Train da linha Odakyu até Shinjuku.

Se você tiver tempo e quiser visitar um castelo, próximo à Odawara Station está localizado o Odawara Castle, veja mais detalhes aqui.

Outras informações

Lendo assim, o roteiro em Hakone parece confuso, afinal, são diferentes tipos de transportes e estações, mas veja o mapa e vá acompanhando o trajeto passo a passo. Fica bem mais fácil de entender.

Como comentei anteriormente, grande parte das atrações de Hakone está presente numa rota circular. Se você quiser, pode começar o roteiro pelo museu e depois fazer o caminho inverso ao que nós fizemos.

No próximo post, falarei sobre dois locais de Tokyo super próximos um do outro, mas completamente diferentes entre si.

Anúncios

2 comentários

  1. Olá amiga.
    Nossa, que demais esse passeio de bondinho. Adorooo
    E eu até comentei no outro post sobre a subida ao monte Fuji, e vendo as fotos, meu Deus ele é enorme!! Aff subir ele, é aventura demais kkk
    amei tb a vista de vcs nesse trem. Ah tudo tão lindo.
    E que legal a foto que vocês tiraram na Escultura “My Sky Hole”, pegou vcs dois, que demais.
    Nossa, seu marido é alto mesmo rsrs, e vc tá linda debaixo daquela árvore com flores “rosas” kkk, sabe, eu andei pesquisando sobre árvore com flores rosas, mais precisamente sobre a ipê rosa, hum queria que pudesse plantar em vaso, eu teria uma no meu quintal rsrs.
    Agora aquele ovo, amiga, eu não comeria rsrs, sei que não tem nada a ver, mas como a gente come primeiro com os olhos, acho que não conseguiria.
    E a estátua exausta no chão kkk, imagino a canseira de vocês, tb acho que vcs estavam mais cansados que ela kkk
    Bjo
    renovandoacasasempre.blogspot,com.br

    Curtir

    • Oi amiga! Foi bem legal mesmo, a vista lá do alto é demais! Já vale o passeio.
      Ah obrigada amiga e vc viu que coisa maravilhosa aquela árvore?
      Nossa, já pensou que demais ter um ipê rosa em casa?? Um sonho! Tbm queria na minha sacada… rsrs.
      kkkkkk marido tbm não ficou mto empolgado com o ovo não… eu já adoro experimentar coisas diferentes rsrs.
      Nossa eu ri demais com o comentário dele sobre a estátua, ele é mto “paiaço”… mas é verdade, a gente andou demais da conta por lá. E olha que só conhecemos um pedacinho do país, hein…
      Beijooo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s