Tokyo ~ 1º e 2º dia

Viagem de Kyoto à Tokyo

Acordamos cedinho e tomamos nosso último café da manhã em Kyoto. Depois seguimos em direção à Kyoto Station para pegar o Shinkansen até Tokyo.

Como estávamos com as malas, fomos de táxi. No caminho vimos essa placa numa parede de um templo budista:

agora a vida vive voce kyoto roteiro viagem japao dicas.png
“Agora, a vida vive você!” 🙂

A estação de Kyoto estava vazia ainda. Ela é um shopping praticamente, enorme!

kyoto-station-relatos-viagem-roteiro-japao-dicas-2kyoto-station-relatos-viagem-roteiro-japao-dicas-3

Reservando assentos no shinkansen: trecho Kyoto – Tokyo

Na estação nós decidimos reservar nossos assentos no shinkansen, pois queria sentar do lado esquerdo (li que o Monte Fuji aparece desse lado – se o tempo estiver bom). Este processo é feito nos balcões de reserva da JR, chamados “Midori no Madoguchi”. É só apresentar seu JR Pass e a reserva é feita sem custos adicionais. Esta foi a única vez que reservamos assentos.

A atendente te entrega o bilhete que mostra em qual vagão e assento você viajará. Sinais pintados no chão da plataforma indicam o número do vagão e a localização das portas. Os assentos reservados e não reservados ficam em vagões separados, atente-se para entrar no vagão certo.

Pegamos o Shinkansen Hikari (linha *JR Tokaido) em direção à Tokyo Station. São cerca de 2h30 de viagem. No final das fileiras de assentos, na parte de trás, há um espaço para deixar as malas grandes. Durante a viagem uma funcionária passa vendendo obentô (espécie de marmita) entre outras coisas para comer e beber, mas há máquinas de bebidas também. Também há banheiros no estilo oriental e ocidental.

*O Tokaido Shinkansen foi inaugurado em abril de 1964 para facilitar os transportes durante os Jogos Olímpicos de Tokyo.

shinkansen-japao-relatos-viagem-roteiro-japao-dicas-2
Interior do Shinkansen. De Kyoto para Tokyo, sente-se do lado esquerdo para ver o Monte Fuji. A viagem é muito confortável! Os bancos são reclináveis e também viram 180º , permitindo que fiquem de frente para os bancos de trás, ótimo para viagens em grupo. Notem na foto que há ganchos também para pendurar casacos e bolsas.

Nós não sabíamos em que momento a famosa montanha apareceria ou se conseguiríamos vê-la. Estávamos atentos à paisagem…

shinkansen-kyoto-a-tokyo-japao-relatos-viagem-roteiro-japao-dicas

Até que de repente…

monte-fuji-vista-shinkansen-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-3

monte-fuji-vista-shinkansen-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-2
O Monte Fuji apareceu!

Foi um momento único, sempre o víamos em fotos e agora estava ali em nossa frente. Todos do trem estavam animados em vê-lo.

O Monte Fuji, um vulcão que está adormecido há mais de 300 anos, é considerado uma das montanhas mais bonitas do mundo devido à sua beleza e simetria, além de ser muito estimado e reverenciado pelo povo japonês. Ele também é conhecido como Fuji-san.

tokyo roteiro dicas relatos viagem japao 14 dias.png

Chegamos na Tokyo Station e de lá pegamos um trem na JR Chuo Line (sentido Takao) e descemos na Shinjuku Station, pois era a estação mais próxima de nosso hotel.

Como comentei no post de informações gerais, nós ficamos no IBIS Tokyo Shinjuku. Da estação são cerca de 6 minutos caminhando.

Fizemos check-in no hotel, deixamos as malas e logo saímos para explorar o bairro.

A primeira coisa que você nota são os arranha-céus! São tão altos que chegam a intimidar. A arquitetura moderna e arrojada também impressiona.

tokyo-shinjuku-cocoon-tower-relatos-roteiro-viagem-dicas
Este edifício em forma de casulo é o Mode Gakuen Coccon Tower, que abriga três universidades: moda, tecnologia e medicina.

Ali próximo está a famosa escultura LOVE:

tokyo-escultura-love-shinjuku-roteiro-relatos-viagem-japao-dicas
A escultura fica em frente ao Shinjuku I-Land Tower

Depois de caminhar pelas ruas de Shinjuku, decidimos ir até Akihabara, o famoso bairro dos fissurados por eletrônicos, games, animes e mangás. Marido nunca tinha ouvido falar, eu apenas disse que ele iria amar, pois tinha várias lojas de seu interesse.

Antes de chegar, nós passamos por umas lojinhas pequenas, que vendiam peças e objetos eletrônicos comuns, ele olhou para mim e disse meio desanimado “tem certeza que eu vou gostar? Tá parecendo a Santa Ifigênia de SP, nenhuma novidade até agora”… hehe.

Aí nós chegamos e demos de cara com esses prédios:

tokyo-akihabara-roteiro-relatos-viagem-japao-dicas
Akihabara, também conhecida como Akiba.

Ele não disse nada, mas percebi que ele tinha ficado surpreso. Começamos a entrar nas milhares de lojas que têm lá. Marido parecia criança em loja de brinquedo, não sabia para onde olhar… rs. Ele ia de um lado para o outro, nunca o tinha visto daquele jeito.

Ele queria comprar 3 coisas no Japão: um Playstation 4, uma câmera fotográfica e um relógio. O PS4, recém lançado no país, já estava esgotado em várias lojas.

Fomos na gigante Yodobashi Camera e o encontramos, pensa na alegria!

Muitas lojas licenciadas disponibilizam tax free para turistas estrangeiros quando a compra do dia for superior a 5000 yen. Neste caso, eles pedem seu passaporte e em algumas lojas é necessário primeiro pagar o preço total (incluindo o imposto de consumo) no caixa e, em seguida, obter o reembolso em um setor de atendimento ao cliente.

Em uma outra loja aproveitamos o momento “gastação” e compramos a câmera Nikon que ele queria. O relógio ficou para outro dia. Ah, também compramos uma bateria externa portátil, a qual utilizamos bastante nos dias seguintes.

Quando decidimos ir embora já estava noite. Marido disse que se fosse possível gostaria de voltar novamente à Akihabara outro dia… rs. Claro que nós voltamos!

Clique aqui para ver como chegar à Akihabara e algumas de suas lojas.

tokyo akihabara roteiro relatos viagem japao dicas 2.pngtokyo akihabara roteiro relatos viagem japao dicas 3.pngtokyo akihabara roteiro relatos viagem japao dicas 4.png

A Tokyo noturna também é fantástica, cheia de cores, vibrante, movimentada. Fomos embora admirando aqueles enormes letreiros iluminados e a melhor sensação foi poder andar tranquilamente com nossas compras pelas ruas. Que coisa maravilhosa!

tokyo shinjuku relatos roteiro viagem dicas.pngtokyo-shinjuku-relatos-roteiro-viagem-dicas-2tokyo shinjuku relatos roteiro viagem dicas 3.png

Passamos no kombini ao lado do hotel e compramos nosso jantar e o café da manhã do dia seguinte.

Mal podíamos esperar para conhecer Tokyo um pouco mais!

roteiro japao 14 dias roteiro 2 semanas japao tokyo toquio.png

Em nosso 2º dia em Tokyo, fomos conhecer um local que não estava em nosso roteiro, o Palácio Imperial.

O Palácio Imperial está localizado na antiga propriedade do Castelo Edo, um grande parque cercado por fossos e maciças paredes de pedra no centro de Tóquio, a poucos passos da Tokyo Station. É a atual residência da família imperial do Japão.

O Castelo Edo era residência dos shoguns da família Tokugawa, os quais governaram o Japão de 1603 até 1867. Em 1868, com a queda do shogunato, a capital e a residência imperial do país foram movidas de Kyoto a Tokyo. Em 1888 foi concluída a construção de um novo Palácio Imperial. O palácio foi destruído uma vez durante a 2ª Guerra Mundial, e reconstruído no mesmo estilo, mais tarde.

Em nosso primeiro dia em Tokyo, uma prima minha que mora no Japão me mandou uma mensagem dizendo que haveria um evento especial na cidade, uma rara oportunidade: a abertura dos terrenos do Palácio Imperial.

Por cinco dias apenas, os jardins e áreas circundantes do Palácio poderiam ser visitados. Não poderíamos perder esse evento. E é claro que metade do Japão também teve esse pensamento. Nós chegamos cedinho e a fila já estava imensa!

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 2.pngTokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas.png

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 5.png
Olha quanta gente! Isso porque estávamos praticamente no início da fila, ela dobrava o quarteirão…
tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-6
Passando pelos portões. Todas as bolsas/mochilas foram revistadas.
tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-7
Sede da Imperial Household Agency. Após a 2ª Guerra Mundial, ela foi usada provisoriamente como palácio imperial até que o novo fosse construído.

tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-8

tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-9
Alguns locais tinham a passagem proibida.
tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-11
Para garantir a proteção, as frestas das janelas eram mínimas.
tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-12
Havia cerejeiras enormes espalhadas ao longo da propriedade. Olha o mar de gente!

tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-13tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-14Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 15.pngTokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 16.pngTokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 17.png

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 18.png
Aqui já estávamos saindo da área interna do Palácio Imperial.

Como podem ter notado, não foi um passeio super tranquilo em meio as cerejeiras, havia muita gente mesmo, você ia seguindo o fluxo… rs. Não havia nada de super especial, em termos de “atrações”, a propriedade conta com jardins, ruas arborizadas, bonitas e simples. O bacana foi poder participar de algo tão importante para a população japonesa. Era nítida a reverência à família imperial, principalmente dos idosos, ali presentes em sua maioria.

Fora do palácio havia muitos repórteres, logo vi um caminhando em nossa direção e eu mais do que rápido, saí pela tangente. Marido não percebeu e quando viu estava sendo entrevistado pelo repórter japonês… rs. Eu chorava de rir, pois nenhum dos dois entendia o que o outro estava dizendo, por fim marido disse somente “beautiful sakuras, beautiful” e todos saíram felizes… hahaha.

viagem japao.png
Marido sendo entrevistado… rs.

Após a visita ao Palácio Imperial, seguimos em direção aos East Gardens, que também fazem parte da propriedade do palácio e são abertos ao público.

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 19.png
Lindas magnólias.

tokyo-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-20

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 21.png
Arredores do Palácio Imperial. E o pessoal não parava de chegar…

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 22.png

Tokyo Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 23.png
Nós saímos do palácio e a fila de visitantes ainda estava enorme!

Chegamos aos East Gardens, os quais faziam parte dos círculos de defesa do Castelo Edo. Nenhum dos principais edifícios existem mais, porém os fossos, paredes e portões de entrada ainda permanecem no local. A entrada aos jardins é gratuita. Veja dias/horários de funcionamento aqui.

Tokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas.png

tokyo-east-gardens-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-3
Esta é a fundação da antiga torre do castelo.
Tokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 6.png
O gramado parece um tapete, dá até dó de pisar.
tokyo-east-gardens-imperial-palace-palacio-imperial-sakuras-cerejeiras-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas
Tinha cada cerejeira enorme e linda!

Tokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 4.pngTokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 5.pngTokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 7.png

Tokyo east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas 8.png
Torre de defesa e armazenamento.

tokyo-east-gardens-imperial-palace-palacio-imperial-relatos-roteiro-viagem-japao-dicas-9Tokyo sakura east gardens Imperial Palace palacio imperial relatos roteiro viagem japao dicas.png

Nós não andamos por todo o jardim, ele é bem extenso. Após o passeio, fomos caminhar pelos arredores do Palácio Imperial, no bairro Marunouchi.

tokyo ruas relatos roteiro viagem dicas.png

Encontramos o Wadakura Fountain Park, um pequeno e bonito parque. As duas fontes presentes no local foram construídas para comemorar os casamentos do atual imperador Akihito e da imperatriz Michiko, em 1961, e do príncipe herdeiro Naruhito e da princesa Masako em 1995.

tokyo-relatos-roteiro-viagem-dicas
Fonte mais recente, construída em comemoração ao casamento do príncipe Naruhito e princesa Masako.

tokyo relatos roteiro viagem dicas 2.png

tokyo Wadakura Fountain Park relatos viagem roteiro japao dicas.png
Fonte mais antiga, construída em comemoração ao casamento do atual imperador Akihito e da imperatriz Michiko.

Resolvemos comer algo ali por perto e depois seguimos para o Shinjuku Gyoen, um dos maiores e mais populares parques de Tokyo.

Shinjuku Gyoen, um oásis no centro de Tokyo

Localizado no bairro de Shinjuku, o parque possui espaçosos gramados e belas paisagens, proporcionando um tranquilo passeio na agitada megalópole. Na primavera, o Shinjuku Gyoen é considerado um dos melhores lugares da cidade para ver as flores de cerejeira.

Shinjuku Gyoen tem três portões de entrada:

Shinjuku Gate fica a uma caminhada de dez minutos a leste da “New South Exit” da estação JR Shinjuku ou uma caminhada de cinco minutos da estação de metrô Shinjukugyoenmae / linha Marunouchi. Okido Gate também fica a uma caminhada de cinco minutos da estação Shinjukugyoenmae. Sendagaya Gate fica do outro lado do parque, a uma caminhada de cinco minutos da estação JR Sendagaya da linha local Chuo / Sobu.

Veja horários/dias de funcionamento e taxa de entrada aqui.

Nós entramos pelo Shinjuku Gate:

tokyo parque shinjuku gyoen entrada portao relatos viagem japao roteiro dicas.png

O parque é enorme, passamos cerca de 2 horas caminhando por lá entre paradas para descanso e fotos.

Eu quis ir à Tokyo no dia 07 para tentar ver as sakuras. Muitas pétalas já forravam o chão anunciando o fim da temporada, mas ainda havia árvores floridas, já que no local há espécies que florescem mais tarde.

tokyo-parque-shinjuku-gyoen-sakuras-cerejeiras-relatos-viagem-japao-roteiro-dicastokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras relatos viagem japao roteiro dicas 2.png

Shinjuku Gyoen, no período Edo, foi residência de um senhor feudal de Tokyo. Mais tarde, foi convertido em um jardim botânico antes de ser transferido para a Família Imperial em 1903, que o utilizava como área de lazer para convidados. O parque foi quase completamente destruído durante a Segunda Guerra Mundial, mas foi reconstruído e reaberto em 1949 como um parque público.

No local você pode ver três tipos diferentes de jardins:

O tradicional jardim japonês é o mais antigo, com grandes lagoas, pequenas ilhas e pontes. O jardim francês possui desenhos simétricos e o jardim inglês é caracterizado por amplos e abertos gramados, cercados de cerejeiras. O restante do parque é composto por áreas florestadas, gramados e várias estruturas, incluindo um restaurante, um centro de informações e uma galeria de arte. Há também uma bonita estufa com muitas flores tropicais e subtropicais.

tokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 3.png

tokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 4.png
Lagos e pontes são cenários típicos do Japão.

tokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 6.pngtokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 7.pngtokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-33

O parque abriga um grande número de cerejeiras de mais de uma dúzia de variedades diferentes. Do final de março até o início de abril, mais de 400 árvores florescem transformando os gramados em um dos locais mais populares e agradáveis de hanami em Tóquio. Algumas espécies presentes no parque florescem mais cedo e outras mais tarde, então se você perdeu o início da temporada de sakura, pode ser que encontre algumas árvores floridas no fim do mês de abril.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 17.pngtokyo parque shinjuku gyoen sakuras cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 8.pngtokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 14.pngtokyo parque shinjuku gyoen sakura cerejeiras toquio relatos viagem japao roteiro dicas 10.pngtokyo parque shinjuku gyoen sakura cerejeira toquio relatos viagem japao roteiro dicas.pngtokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-13

Na primavera o parque ganha muitas cores e é muito convidativo a um descanso. Muito bacana ver o pessoal curtindo a tarde sob as árvores. Por um instante você esquece que está na movimentada e enérgica Tóquio.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 15.pngtokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 10.pngtokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas o que fazer em toquio.png

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 11.png
Moças vestindo yukatas, trajes semelhantes ao kimono, porém mais casuais.

Abaixo está o Kyu Goryotei, também chamado de Taiwan Pavilion, construído por ocasião do casamento do Imperador Showa. Não há nada em seu interior, mas é um bom local para descansar e se esconder um pouco do sol. As vistas para o parque também são lindas.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 16.png

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 19.png
Pavilhão Taiwanês
tokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-18
Vista do Pavilhão Taiwanês

Continuamos nossa caminhada e a cada trecho percorrido encontrávamos um cenário de fazer suspirar.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 20.png

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 21.png
Em alguns locais o chão estava branquinho de pétalas das sakuras.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 22.pngtokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 24.png

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 25.png
Pai mostrando as carpas do lago para sua filhinha.

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 32.png

tokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-26
Ao fundo está o edifício da empresa de telefonia celular NTT DoCoMo Yoyogi, com 240 metros de altura e 28 andares.

tokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-27

É impressionante o tamanho dos parques do Japão…

tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 28.png

O local fecha cedo, às 16h30 com entrada permitida até as 16h. Nós chegamos no jardim francês e logo depois uma musiquinha começou a tocar, indicando o fechamento do parque.

tokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-29
Estas árvores em outras estações ficam verdinhas.

tokyo-parque-shinjuku-gyoen-toquio-relatos-viagem-japao-roteiro-dicas-31tokyo parque shinjuku gyoen toquio relatos viagem japao roteiro dicas 30.png

Nós adoramos o Shinjuku Gyoen, o parque é maravilhoso! Deu para descansar e cansar novamente… rs. Andamos demais!

Depois do parque ainda fomos novamente para Akihabara.

Acompanhe o 3º dia em Tokyo no próximo post!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s