Cartagena – 3º dia (Castillo San Felipe de Barajas)

TERCEIRO DIA

Após o café da manhã, fomos conhecer o Castillo San Felipe de Barajas, localizado fora da cidade amuralhada. Fomos caminhando do hotel até lá, levamos cerca de 20 minutos.

Vi que muitos aproveitam para conhecer o Castillo e o Convento Santa Cruz de la Popa no mesmo dia, mas como nós tínhamos mais dias pela frente, resolvemos deixar o convento para depois. Mas se você dispor de pouco tempo, vale a pena combinar um valor com um taxista para ele te levar aos dois pontos turísticos no mesmo dia. Também é possível ir com as chivas, as quais fazem estes dois passeios guiados no mesmo dia, porém já li que o passeio é mais demorado, pois levam muitas pessoas.

Chegamos cedo, ainda não havia muitos visitantes no local e a bilheteria estava vazia. Na entrada há vários ambulantes vendendo bebidas. Eles dizem que lá dentro não há lugar para comprar água, na verdade há uma lojinha sim, porém a garrafa é mais barata na rua.

Existe a possibilidade de contratar um guia turístico ou audioguia à parte.

Como o percurso no Castillo é feito praticamente a céu aberto, aconselho ir cedo ou no final da tarde, para que o sol não castigue tanto e também para pegar menos movimento.

CASTILLO SAN FELIPE DE BARAJAS

Entrada: 25.000 COP

Horário: Segundas à Domingos das 8h às 18h.

Clique no site para ver valores e horários atualizados.

 

castillo san felipe de barajas cartagena pontos turisticos o que fazer roteiro dicas viagem
Castillo San Felipe de Barajas

castillo san felipe de barajas cartagena (3)

O Castillo San Felipe de Barajas, o famoso forte de Cartagena, é considerado a maior obra militar construída pelos espanhóis no continente americano. Começou a ser erguido em 1536 e, depois de várias reformas e ampliações, foi finalizado em 1657.

Localizado na colina de San Lazaro, que fica a 40 metros acima do nível do mar, é um local estratégico, pois conferia uma ampla visão de todos que se aproximavam, tanto por via marítima, como terrestre.

castillo san felipe barajas cartagena roteiro dicas pontos turisticos
Vista para o bairro Bocagrande a partir do forte.

castillo san felipe de barajas cartagena o que fazer passeio dicas viagem

castillo san felipe de barajas cartagena o que visitar dicas roteiro viagem

castillo san felipe de barajas cartagena forte
Os enormes e fortes muros inclinados que protegiam a cobiçada Cartagena.
castillo san felipe de barajas cartagena canhoes
Ao fundo (lado direito) pode-se observar o Convento Santa Cruz de la Popa, lá no topo da colina.
castillo san felipe de barajas cartagena detalhes dicas roteiro viagem passeio
O forte é bem extenso, dá para gastar boas horinhas lá entre fotos e detalhes.

 

castillo san felipe de barajas canhao

castillo san felipe de barajas cartagena detalhes

Cartagena era uma das cidades mais visadas da época, uma vez que armazenava e enviava para a Europa o ouro e prata, saqueados pelos espanhóis de várias partes da América.

Com fama de impenetrável, o forte cumpriu bem com seus objetivos, apesar das numerosas tentativas de ataques inimigos.

Em seu interior, há um complexo e engenhoso sistema de galerias subterrâneas, praticamente um labirinto, que foram ligadas em pontos estratégicos e eram utilizadas para distribuir provisões, como depósito de pólvora e também para facilitar a evacuação no caso de um possível ataque.

Os túneis foram construídos de tal forma que qualquer ruído reverberava por todo o caminho ao longo deles, facilitando ouvir o movimento dos pés do inimigo se aproximando e auxiliando também na comunicação interna.

Uma outra estratégia interessante era que os túneis foram arquitetados de forma que os soldados, de determinado ângulo, pudessem ver os inimigos antes que eles os vissem.

Você pode notar também que os túneis são bem baixos e estreitos. Tudo para dificultar a passagem dos invasores, geralmente mais altos que os espanhóis e colombianos.

Durante a visita, pode-se percorrer alguns trechos dos túneis, os quais são iluminados.

castillo san felipe de barajas entrada tuneis detalhes
Entrada de um dos túneis.

castillo san felipe de barajas tuneis detalhes roteiro viagem

 

castillo san felipe de barajas cartagena tuneis ponto turistico dicas viagem
Dentro dos túneis. Vejam como é baixo e estreito. Ao fundo é meu pai, ele não é alto, mas marido que tem 1,90m teve que andar abaixado… rs.
DSC_2800
Oi! 🙂

castillo san felipe de barajas cartagena

castillo san felipe de barajas cartagena detalhes viagem dicas o que conhecer passeio

Em uma sala que tem a placa “Hospital” na porta, é passado um filme na forma de animação (com áudio em espanhol e sem legenda, mas dá para entender o principal), que conta a história do forte desde a sua construção. É só chegar e entrar. Ah, na sala tem ar condicionado! rs.

Por volta das 11h chegaram vários grupos de turistas, bastante gente mesmo.

castillo san felipe de barajas dicas horario roteiro cartagena

Nosso passeio durou quase 4h, mas andamos por tudo e com calma. Nós adoramos, foi muito interessante e proveitoso! À noite o exterior do Castillo fica todo iluminado, muito bonito.

Próximo ao forte está localizado o Shopping El Castillo. Pensamos em almoçar por lá, mas decidimos dar uma passada na escultura “Los Zapatos Viejos”, localizado atrás do forte e depois conhecer o bairro Bocagrande.

castillo san felipe de barajas cartagena dicas viagem roteiro ponto turistico

castillo san felipe de barajas cartagena parte externa

castillo san felipe de barajas cartagena arredores
Arredores do Castillo San Felipe de Barajas, indo em direção à escultura.

O monumento dos “Sapatos Velhos” é uma escultura realista, homenagem a Luis Carlos López, um dos maiores poetas de Cartagena de Índias, e sua obra mais popular, o poema “A mi Ciudad Nativa”. O poema compara o amor à terra natal a um par de sapatos velhos que não conseguimos nunca nos desfazer.

monumento escultura zapatos viejos cartagena
Los Zapatos Viejos

Não considero uma parada obrigatória, mas já que estávamos por perto… por que não? O engraçado era a fila de turistas querendo tirar foto sentado ou ao lado dos sapatos. E é claro que nós também estávamos na fila! Já que estávamos lá… por que não? rs

IDA AO BAIRRO BOCAGRANDE

Na praça da escultura, procuramos táxis para ir ao bairro Bocagrande. Táxi é o que não falta naquela cidade! Havia um carro estacionado, fui falar com o motorista  e combinar o preço (se eu não me engano pagamos 13.000 COP) e disse que precisava de mais um, pois estávamos em cinco pessoas. Aí ele começou a fazer sinal para os táxis que passavam, até que um parou e então seguimos em frente.

Pedimos para ele nos deixar no Centro Comercial NAO, um pequeno shopping localizado em frente à praia que leva o mesmo nome do bairro.

Embora a cidade seja banhada pelo mar do Caribe, as praias do centro urbano não têm as características das praias caribenhas (areias claras e mar cristalino). Estas podem ser encontradas nas famosas Islas del Rosario.

praia bocagrande cartagena dicas roteiro relatos viagem
Praia Bocagrande, bastante frequentada pela população. Foto tirada da praça de alimentação do Centro Comercial NAO.

A praça de alimentação do shopping tem poucos restaurantes/lanchonetes e alguns estavam fechados. Meus pais e minha irmã pediram comida típica num restaurante chamado Baraka e gostaram dos pratos. Marido e eu fomos de almoço econômico: Subway!

Preços do Subway de lá: pedimos dois BMT, um de 30cm e outro de 15cm sem itens extras que custaram 14.568,97 COP e 8.965,51 COP, respectivamente (preços de março/2016).

Depois do almoço fomos dar uma olhada nas lojas e paramos para tomar um café no Juan Valdez, a cafeteria mais famosa do país. É conhecida como a Starbucks latina.

Há diversas opções de bebidas quentes ou frias, algumas contendo ingredientes típicos, como o fruto lulo. E se você quiser fazer em casa o famoso café colombiano, pode comprar o café embalado que também é vendido nas lojas da rede (pode trazer na mala desde que a quantidade não seja exagerada, ou seja, não caracterize importação de produtos sem pagamento de tributos). Nós não compramos na loja, pois tinha lido que nos supermercados era mais barato.

Saímos para caminhar pelas ruas e vi uma vendedora de Wayuu Bags. Acabei comprando uma bolsa coloridíssima, linda!

O bairro é muito bonito mesmo, conta com muitos restaurantes, lojas e edifícios altos e modernos. Percorremos algumas galerias para ver os artesanatos, vimos muitos artigos feitos por lá mesmo, lindos, e muita coisa Made in China também… rs.

Nossa última parada foi no supermercado Supertienda Olimpica. Eu adoro conhecer supermercados de outros lugares para ver as frutas, os produtos… são como pontos turísticos para mim! rs

frutas tipicas cartagena supermercado dicas roteiro relatos viagem o que fazer
Várias frutas diferentes!
Cartagena supermercado fruto lulo
Lulo, muito utilizado em bebidas.
aboboras colombia viagem cartagena supermercado
Abóboras de diferentes cores e formatos.

Compramos algumas frutas para experimentar e café em pó das marcas Juan Valdez e Sello Rojo (marca popular muito consumida).

Voltamos ao hotel (10.000 COP de táxi) e mais tarde seguimos novamente ao centro histórico.

Entre o hotel e a cidade amuralhada está o Parque del Centenario, o qual era nosso percurso diário. Achei bem bacana a quantidade de bancas de livros usados lá presentes. Inclusive, sob a arcada da Torre del Reloj também sempre havia um sebo.

parque del centenario cartagena bancas livros usados sebo
Sebos no Parque del Centenario.
parque del centenario cartagena roteiro viagem dicas
Uma das entradas do Parque del Centenario, localizada em frente à Torre del Reloj.
sebo torre del reloj cartagena colombia
Sebo sob a arcada da Torre del Reloj.

Nesta noite jantamos no La Brioche” (Calle San Agustín Chiquita #6-14), o qual também serve café da manhã. O ambiente é pequeno, mas aconchegante, com ar condicionado, bem decorado e bom atendimento.

Há no cardápio “pratos rápidos” como sopas e cremes, saladas, quiches, burgers, sanduíches, pizzas e pastas. Nós fomos de pizza e minha irmã pediu espaguete à carbonara. Nós adoramos, estava tudo muito saboroso!

Em todos os restaurantes, não deixe de experimentar os sucos! São maravilhosos e muito refrescantes, eles batem com gelo, até parecem raspadinha.

cartagena ciudad amurallada onde comer la brioche dicas restaurante
Restaurante La Brioche, no centro histórico.
cartagena ciudad amurallada onde comer la brioche dicas restaurante roteiro
Restaurante La Brioche
Restaurante cartagena la brioche pizza roteiro viagem dicas
Uma das pizzas que pedimos (La Rital).

Depois do jantar, fomos caminhar um pouco pela cidade e passamos em frente a uma paleteria, chamada Ricetta Tradizionale. Não resistimos e entramos. Os preços giram em torno de 5.000 COP. Havia também paletas adoçadas com stévia.

ricetta tradizionale  cartagena sorveteria paletteria

cartagena onde comer dicas viagem roteiro
Paletas deliciosas!

Voltamos ao hotel para descansar. No dia seguinte iríamos para Isla Grande, uma bela ilha de Cartagena.

Continua…

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s