Cunha – 2º dia

SEGUNDO DIA

Depois do café da manhã, fomos conhecer os diversos ateliês espalhados pela cidade (são mais de vinte). O primeiro que nós paramos foi o de “Suenaga e Jardineiro”.

atelie ceramica suenaga e jardineiro cunha passeio relatos viagem roteiro
O espaço é muito amplo e bonito.
atelie ceramica suenaga e jardineiro cunha passeio relatos viagem roteiro forno noborigama
Este é o forno Noborigama. Foi trazido do Japão e introduzido em Cunha em 1975. Existem cerca de vinte Noborigamas no país, sendo que cinco estão em plena atividade na cidade. As peças são cuidadosamente posicionadas nas câmaras de forma que as chamas possam circular e promover as reações necessárias que garantem as lindas e resistentes superfícies vitrificadas. O forno Noborigama atinge a temperatura de 1400ºC.

No ateliê, geralmente em feriados nacionais, ocorre a Abertura de Fornada. O evento é gratuito e mostra um momento muito especial, que é a retirada das peças de cerâmica das câmaras após queima e esfriamento lento de 3 dias. Infelizmente não participamos do evento, pois o mesmo ocorreu um dia antes de nossa chegada em Cunha, mas deve ser uma ótima experiência! Acesse o site para saber as datas das próximas aberturas.

atelie suenaga e jardineiro cunha ceramica forno noborigama

atelie suenaga e jardineiro cunha ceramica forno noborigama passeio viagem

atelie suenaga e jardineiro cunha ceramica forno noborigama dica de passeio

Acho que conhecemos mais da metade dos ateliês presentes em Cunha. Foi um passeio muito interessante, em alguns deles recebemos uma verdadeira aula de como as peças são produzidas. É muito bacana observar as diferenças técnicas e estéticas de cada artista.

Os ateliês que mais gostamos foram: Suenaga e Jardineiro, Clélia Jardineiro, Carvalho Cerâmica, Cristiano e Sandra Quirino e Atelier Gallery Tokai.

Clique Aqui para imprimir o roteiro dos ateliês de cerâmica de Cunha e Aqui para saber o tipo de trabalho de cada um.

Já se passava das 13h quando resolvemos almoçar. Tinha visto um restaurante bem simpático, chamado Drão, ao lado do ateliê de Clélia Jardineiro e resolvemos conhecer.

Como estava bem quente, escolhemos uma mesa na varanda.

restaurante drao cunha passeio relatos de viagem

decoraçao restaurante drao cunha relatos viagem
Decoração do restaurante. A noite o lugar deve ficar ainda mais charmoso.
truta ao molho shiitake cunha restaurante drao
Minha escolha foi truta ao molho shitake, muito saboroso! Adoro shitake!
Risoto com Gorgonzola, Abobrinha, Rucula e Limão siciliano cunha restaurante drao salada
Marido pediu risoto com gorgonzola, abobrinha, rúcula e limão siciliano, muito bom. Adoramos a salada também (cultivada sem agrotóxicos) com folhas de mostarda e nabo roxo que nunca havíamos provado antes.

Como a maioria dos ateliês fica pertinho um do outro, a visita foi mais rápida do que eu imaginei, então decidimos fazer um passeio que tinha planejado para o dia seguinte: trilha no Parque Estadual da Serra do Mar – Núcleo Cunha.

Pegamos a Rodovia Cunha-Paraty (sentido Paraty) até o km 56,5. Entramos à direita em uma estradinha de terra. Quando estávamos ainda no início do caminho me lembrei: até o parque são “apenas” 20km (de terra, em boas condições) e o mesmo fecha às 17h, sendo que a trilha que faríamos tinha duração de aproximadamente 1 hora. Já eram umas 14:30h, poderíamos voltar, mas resolvemos tentar a sorte (confesso que ficamos apreensivos o caminho todo… rs).

Chegamos na portaria do parque às 15:30h, aproximadamente. É gratuito e tem estacionamento interno (só tinha 1 carro estacionado lá rs).

Tem um centro de visitantes com informações sobre as trilhas, onde ficam os monitores. Como não tínhamos muito tempo, só fomos ao banheiro e partimos para a trilha.

Fizemos a Trilha do Rio Paraibuna que é bem tranquila e é autoguiada. Não é necessário agendamento prévio.

trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha

Logo no início da trilha já se tem essa vista maravilhosa:

trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha passeios relatos de viagem

trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha dica passeio

trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha passeio viagem
Durante a trilha.
trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha detalhes viagem
Detalhes…

trilha rio paraibuna parque estadual serra do mar nucleo cunha (2)

Fizemos a trilha em cerca de 50 minutos, ela é circular e a saída é bem próxima à entrada, então não foi necessário voltar. Foi um final de tarde bem gostoso, o parque é muito bonito! Numa próxima oportunidade voltaremos com um tempo maior para curtir mais o local e fazer as outras trilhas.

Para mais informações sobre as trilhas e o parque, clique aqui.

Voltamos para a pousada, descansamos um pouco e depois fomos jantar no mesmo restaurante que fomos na noite que chegamos em Cunha. Na praça da igreja tinha uma doceria e terminamos a noite comendo um docinho por lá. Afinal, tínhamos que recuperar as calorias gastas na trilha, não é?! rs.

… CONTINUA

Anúncios

5 comentários

    • Menina, foi muuuito difícil, sério!
      Em alguns até que foi fácil ($$$$ rsrs), mas tinha um, o da Clélia Jardineiro, que tinha peças mais acessíveis. Ela não queima em forno Noborigama, mas gostei da técnica e estilo dela! Compramos um pratinho lá para colocar na parede, mas queria muitos outros… rs.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s